Conjecturas Poéticas

Assunção Madureira, Elizabet Lanna, Mariza Trancoso, Rosana Mendes Campos

 

Conjecturas Poéticas de Assunção Madureira, Elizabet Lanna, Mariza Trancoso, Rosângela Mendes Campos

 

 

A Galeria de Arte Beatriz Abi-Acl recebe, a partir do dia 20 de outubro, a exposição “Conjecturas Poéticas”, um trabalho das artistas plásticas Assunção Madureira, Elizabet Lanna, Mariza Trancoso e Rosana Mendes Campos. Com a curadoria de Attílio Colnago, artista plástico do Espírito Santo, a exposição é o resultado de intenso trabalho que as pintoras vêm desenvolvendo nos últimos anos em seus ateliers, focado em pesquisa e rigor nas técnicas utilizadas. “A linguagem que une as quatro artistas é a busca da expressão, com forte carga de emoção e técnica”, afirma Colnago.

Com quatro olhares diferentes, quatro maneiras de se expressar e pensar, mas com total liberdade de criação, as experientes artistas se uniram para levar ao público belo-horizontino algumas de suas criações. “É a ideia da poética expressada na arte. Elizabet, Rosana e eu com a figuração, Assunção com a poética das cores, a abstração”, explica Mariza Trancoso. 

Com traços figurativos gráficos, Elizabet Lanna apresenta suas telas na série inspirada no mestre Cândido Portinari. Já Assunção Madureira mostra a força das cores da abstração pura. Rosana Mendes Campos traz a feminilidade na arte e Mariza Trancoso apresenta tríptico da série intitulada “As Meninas de Mariza”, uma clara alusão à mitologia espanhola e a um dos mais seus célebres pintores, Diego Velázquez. “É a minha fase mais leve, porque é o retorno à minha infância”, diz Mariza.

“A mostra será uma oportunidade especial para o público apreciar a essência da pintura”, garante o curador Attílio Colnago. A exposição terá abertura no dia 20 de outubro, às 19h, e segue aberta para visitação até 12 de novembro. A Galeria Beatriz Abi-Acl fica na Rua Santa Catarina, 1155, bairro de Lourdes, em Belo Horizonte/MG. 

Catálogo 

Arte das Gerais

Obras

Abertura