Márcio Santos

Obras
 
Artistas
Nº 140 Acrílica sobre tela 140 x 220 cm
Nº 140 Acrílica sobre tela 140 x 220 cm
press to zoom
Nº 137  Acrílica sobre tela   220 x 170
Nº 137 Acrílica sobre tela 220 x 170
press to zoom
Nº 134 Acrílica sobre tela  220 x 110 cm
Nº 134 Acrílica sobre tela 220 x 110 cm
press to zoom
Nº 115  110 x 240 cm
Nº 115 110 x 240 cm
press to zoom
Nº 141 Acrílica sobre tela 110 x 220 cm
Nº 141 Acrílica sobre tela 110 x 220 cm
press to zoom
Nº 138 - Acrílica sobre tela 260 x 120 c
Nº 138 - Acrílica sobre tela 260 x 120 c
press to zoom
Nº 133 Acrílica sobre tela   220 x 110 c
Nº 133 Acrílica sobre tela 220 x 110 c
press to zoom
Nº 144 Acrílica sobre tela 150 x 300 cm
Nº 144 Acrílica sobre tela 150 x 300 cm
press to zoom
 

Nos anos 90, conheci o jovem artista Márcio Santos que, já naquela época, chamava a atenção dos amantes das Artes Plásticas pelo seu caráter pictórico que mesclava sabedoria e requinte. É um colorista nato.

 

Sua obra é mais sintética que analítica.

Ela questiona, é envolvente e misteriosamente bem elaborada.

Hoje, agregada à pesquisa arquitetônica, cada vez se torna ainda mais forte e bela.

 

Márcio Santos nasceu também observador.

Geometricamente falando, a sutileza de seus planos, a acanhada perspectiva impecavelmente pintada com cores puras, exatas e fortes dispensam subterfúgios, que muitas vezes são integrados à pintura.

 

Nas suas telas, nunca em pouca dimensão, o artista sugere luz e sombras. Não uma luz que agride e incomoda, mas de uma sensibilidade tão individual que exige uma contemplação perspicaz. As sombras ora são frequentes, ora não. Sensíveis, sempre! Compondo o equilíbrio necessário sem uso de discursos, mas construindo a obra que sobrevive por si só.

 

Nos dípticos, nos trípticos ou numa única tela o acabamento irretocável não oculta a vida e a manufatura de um operário/artesão.

Este jovem artista tem na pintura uma poesia tão peculiar como poucos a fazem. Com linhas e cores é pouco denominá-lo de geométrico perante a contemporaneidade do seu discurso.

 

Acompanho este artista há quase três décadas, não por simples curiosidade feminina mas, principalmente, pela certeza de que a cada fase Márcio se mostra mais inquieto, mais questionador, disposto a maiores desafios.

Márcio Santos não foge à sua mineiridade. Se  apresenta de forma clara, calma e sincera, respeitando o tempo doado aos observadores de sua pintura, amantes da Arte.

 

Biografia